PortalPortal  InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe|

[capitulo 2] A historia do Tibia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo
AutorMensagem
Raygodness
avatar
Veterano
Veterano

Masculino Postagens : 404
Data de inscrição : 04/04/2009
Localização : bragança paulista - SP
Emprego/lazer : computadores
Mensagem Pessoal : O que vem por trás, não é mole.


Ver perfil do usuário
MensagemAssunto: [capitulo 2] A historia do Tibia Ter Abr 14, 2009 1:53 pm

A Grande Criação

Em sua divina sabedoria Uman percebeu que Tibiasula poderia ser uma
poderosa aliada em seu projeto de criação, e logo a convidou para
juntar forças com Fardos e ele próprio para trabalhar na gigantesca
tarefa que se colocava para eles. Tibiasula, que também estava
intrigada com a idéia da criação, foi facilmente convencida. E então
passou a existir três criadores onde previamente havia apenas dois, e
juntos eles começaram a trabalhar com renovado vigor. Desta vez,
entretanto, eles escolheram uma abordagem diferente. Uman, a quem a
natureza destinou a revelar segredos e ter discernimento, percebeu que
alguma coisa estava faltando, um ponto fixo, um fundamento firme onde a
criação poderia ser construída. Sem isso, não haveria jeito de focar as
cruas forças criativas, e todos os esforços dos deuses seriam em vão. E
assim Uman inventou o tempo! Ele sabia que se o vácuo fosse colocado em
movimento e sujeitado ao fluxo eterno do tempo seria muito mais fácil
de focar seus poderes divinos.

Mas primeiro o tempo deveria ser criado. Com essa finalidade, todos os
deuses combinaram seus poderes. Mesmo Zathroth, a metade má de Uman que
abertamente desprezava a criação, estava fascinado pela idéia do tempo,
e concordou em auxiliar os outros deuses anciões em seus esforços. Esta
oferta foi aceita de bom grado, pois os outros deuses não sabiam então
o que ele havia visto claramente desde o início: que o tempo carregava
uma semente de destruição. Ele entendeu que um mundo que estava sujeito
a passagem incessante do tempo estaria condenado a perecer
vagarosamente, e foi por isso que ele aceitou de bom grado ajudar nessa
criação. E então veio a acontecer que por uma vez todos os deuses
anciões trabalhavam juntos e lançaram seus poderes combinados no vácuo.
E quando finalmente uma imensa espiral tomou forma no vácuo, a coluna
de cristal do tempo que seria o fundamento de toda criação, os deuses
regozijaram-se. Zathroth, entretanto, alegrou-se ainda mais do que
demonstrou porque ele sabia que agora toda criação seria imperfeita de
um modo que nunca poderia ser desfeito.

Zathroth se opôs a idéia da criação desde o inicio, e ele secretamente
jurou frustrar os planos dos outros deuses por quaisquer meios
necessários. Com essa finalidade ele havia auxiliado eles na criação do
tempo, e esta foi a razão pela qual ele finalmente decidiu matar
Tibiasula. Ele guardava rancor contra a deusa desde quando ela havia
sido criada porque ele detestou dividir seu status divino com ainda
outra divindade. Entretanto sua antipatia se tornou ódio mortal quando
ele viu que Tibiasula preencheu com sucesso o buraco que ele, Zathroth,
havia deixado por recusar-se a participar na criação. Finalmente ele
decidiu-se em fazer o impensável. Ele secretamente criou uma adaga de
grande poder onde ele acumulou todo seu ódio e seu poder destrutivo,
uma arma apropriada para matar um deus. Então ele pôs-se a esperar,
aguardando o momento perfeito. E certamente esse momento veio. Um dia
fatídico, quando os outros deuses haviam exaurido seus poderes para
finalizar a poderosa coluna do tempo, Zathroth usou a oportunidade e
chamou Tibiasula a parte. Inocente e perfeitamente inconsciente das
intenções maliciosas do seu companheiro deus, Tibiasula foi uma presa
fácil. Zathroth cravou a lâmina em seu coração com toda a força que
poderia ter. Mortalmente ferida a deusa caiu ao chão, e para fora de
seu corpo definhando sangraram os elementos fogo, água, terra e ar ? os
componentes de sua existência divina que haviam sido derramados fora de
sua antiga harmonia pela vergonhosa traição de Zathroth.

Quando souberam da abominável ação, Uman e Fardos ficaram chocados.
Eles tentaram manter a agonizante Tibiasula, esperando impedi-la de
desintegrar-se no vácuo, de escorregar de suas mãos como suas criações
anteriores. Quando tudo o mais havia falhado eles vieram com um plano
desesperado: eles decidiram elaborar um poderoso feitiço que iria unir
o corpo definhante de Tibiasula a coluna do tempo. Zathroth gargalhou
em zombeteiro triunfo, mas desta vez ele cometera um erro crucial,
porque ele falhou em ouvir cuidadosamente as palavras que Uman e Fardos
proferiram, e então ele perdeu a única chance de aprender o segredo da
criação, um segredo que seria escondido dele para sempre. Uman e
Fardos, entretanto, trançaram os indefiníveis elementos em poderosos
fios. Estava além de seus poderes uni-los em sua harmonia anterior, mas
ao invés disso eles obtiveram algo que era completamente novo: a
primeira genuína criação.
Voltar ao Topo Ir em baixo

[capitulo 2] A historia do Tibia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
The World of EverGrand :: Games :: RPG :: Tibia :: Notícias-