PortalPortal  InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe|

[Windows 2000]Os Segredos do Windows 2000 - Parte VII

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo
AutorMensagem
Douglanilo
avatar
Mestre
Mestre

Masculino Postagens : 959
Data de inscrição : 02/04/2009


Ver perfil do usuário http://www.twevergrand.com
MensagemAssunto: [Windows 2000]Os Segredos do Windows 2000 - Parte VII Qui Abr 16, 2009 9:15 pm


O ajuste de performance de servidores com Windows 2000 é altamente
necessário, quando se trata de oferecer alta disponibilidade e
performance aos acessos dos usuários na rede. O Windows 2000 tornou-se
muito mais exigente no que se refere a pré-requisitos de hardware, e
ajustar da melhor forma possível é essencial. No Windows NT 4.0 não
havia um pré-requisito alto de hardware, mas devido à quantidade de
novos recursos inseridos no Windows 2000, a mesma configuração
utilizada para o Windows NT 4.0 é, em muitos casos, insuficiente. Nesta
matéria, estaremos analisando como fazer os ajustes, os motivos, e
enfocar não apenas do lado do Sistema Operacional, mas também alguns
ajustes de hardware nos mesmos.

Ajuste de Hardware

A recomendação inicial é de sempre utilizar servidores de fabricantes
conhecidos (Compaq, HP, IBM, Dell, etc). Antigamente, o fator que
impedia sua compra era o alto custo, e necessidade sempre de se
utilizar somente peças do fabricante. Entretanto, hoje em dia isso já
não é um grande problema. Todos esses, e outros fabricantes de
servidores, possuem linhas específicas de servidores, e essas máquinas
possuem barramento interno bem dimensionado, sistema de ventilação com
ótima capacidade, e excelente qualidade dos componentes utilizados.
Existe também o lado do suporte a essas máquinas, em que é possível
detectar falhas de hardware antes mesmo de acontecerem. Somando tudo
isso e fazendo seu abatimento ao longo de tempo de uso, seu custo é
muito menor que de uma máquina montada. Infelizmente poucos enxergam
desta forma, e não analisam a redução de custo ao longo do tempo de uso
da máquina. Caso não haja outra alternativa, existem alguns fabricantes
que desenvolvem ótimas motherboards, dentre eles se destacam a ASUS, SUPERMICRO, ABIT, etc.

Uma das formas de se otimizar o acesso via rede é uma técnica chamada Teaming.
Este método consegue oferecer uma largura de banda acima do normal.
Para poder funcionar, é necessário que as placas de rede suportem este
recurso, fazendo com que, por exemplo, o sistema operacional enxergue
uma placa de rede em vez de quatro adaptadores. Além disso, é
necessário utilizar um Switch para que o mesmo faça o remapeamento de
MAC Address dos quatro adaptadores para um único. Neste exemplo, com
quatro placas de rede 100Mbits, é possível obter praticamente 400Mbits
de transmissão de dados. Outra alternativa, mas bem mais cara, é
utilizar placas de rede Gigabit Ethernet (1000Mbps). Um cuidado ao se
utilizar essas placas é verificar se o barramento da Motherboard
suporta tal tecnologia.

Para otimizar o acesso ao disco físico, é indispensável o uso de HDs SCSI.
Atualmente já está disponível o padrão SCSI Ultra-160, oferecendo alta performance de dados. Entretanto deve-se verificar quantas RPM e quanta memória cache interna possui o HD. No caso de HDs IDE, é possível comprar
discos de alta capacidade por um custo bem mais baixo. Mas o que acaba
diferenciando o preço é a velocidade (em media existem HDs de 5.400,
7.200 até 10.000 Rpms) e cache interno de disco (variando entre 256 KB
a 2 Mbytes).

Memória. Quanto mais, melhor. É claro que deve ser
feito um balanceamento da quantidade necessária, de acordo com a
aplicação instalada no servidor. A recomendação é sempre utilizar
memórias do tipo ECC, para maior segurança.

Ajuste de Sistema Operacional

As recomendações de ajuste aqui referem-se mais para Domain Controllers,
executando o Active Directory. Como a carga deste serviço exige muito
mais da máquina, aqui vão alguns ajustes a serem feitos. O ajuste de
processador e memória podem variar de acordo com a utilização da
máquina. O mais importante
no dimensionamento da máquina é calcular sua utilização em um ano. Para
dimensionar um processador, é necessario avaliar quantas aplicações e
serviços estarão executando nesse servidor. Quanto à quantidade de
memória, o mínimo aceitável para se trabalhar seria 256 MB, podendo
crescer de acordo com a quantidade de serviços e aplicações executando
neste servidor. Destes 256 MB, praticamente 128 são utilizados pelo
sistema operacional e pelo Active Directory, restando 128 MB para
aplicações e serviços.


Quanto à parte de Networking, é recomendável sempre trabalhar com adaptadores a 100 Mbit e, se houverem mais servidores, estes devem estar conectados em um switch.
Desse switch deve haver conexão para os hubs, que irão conectar as
estações de trabalho. No caso de trabalhar com mais de um protocolo,
deve-se tomar muito cuidado. O último protocolo instalado sempre fica
como prioritário em relação ao primeiro. Significa que, se você já
possuía o protocolo TCP/IP instalado, e colocou depois o protocolo
NetBEUI , este último assume a prioridade de pacotes na máquina,
gerando alguns problemas de lentidão e acesso. O mesmo acontece com os
adaptadores de rede instalados por último. Para poder alterar esta
ordem use o Start / Settings / Network and Dial-Up Settings. Depois clique em Advanced / Advanced Settings.

Discos
.
Esta parte é a mais difícil de se fazer o ajuste em um Domain
Controller. Qual a melhor forma de ajustar os discos para oferecer
performance e segurança? Antes de responder esta dúvida, é necessário
identificar quais são os pontos de gargalo de disco em um Domain
Controller. Estes pontos devem estar preferencialmente em discos
separados, para melhor performance.

Diretório do Sistema Operacional. Em geral costuma ser a pasta \WINNT. Para poder oferecer segurança e performance, deve estar num Raid-1 (Mirror).

Arquivo de Paginação. O Windows 2000 utiliza um arquivo chamado pagefile.sys
quando não possui memória RAM suficiente para poder trabalhar com a
aplicação ou serviço. Significa que se a máquina tiver pouca memória
RAM, o sistema operacional irá utilizar o arquivo de paginação para
emular memória RAM. É uma forma de detectar quantidade de memória RAM
insuficiente.

Database do Active Directory.
Durante o processo de promoção de uma máquina de Member Server para
Domain Controller, será solicitado pelo programa de setup um diretório
para armazenar o database do Active Directory. Em geral esta pasta
costuma ser o diretório WINNT\NTDS . É recomendado que esteja em um
disco separado. Caso já tenha feito a instalação do Domain Controller
utilizando o diretório padrão, é possível mudar a localização do mesmo
posteriormente, sem necessidade de reinstalação, usando o NTDSUTIL.

Logs. O Active Directory utiliza a implementação do ESE (Extensible Storage Engine) do Exchange Server para gerenciar o Active Directory. O processo de
alteração no Active Directory é feito inicialmente em um arquivo de log
para, depois, gravar diretamente na base de dados. O diretório de logs
aparece também durante o processo de promoção do Domain Controller.
Devido às transações feitas no log, este acaba sendo um dos maiores
pontos de gargalo. É recomendado que o mesmo esteja em um RAID em
discos separados, para oferecer segurança e performance. Assim como o
Database, é possível alterar sua localização posteriormente, usando o
NTDSUTIL.

Sysvol.
O Sysvol é um diretório criado em todo Domain Controller, e que contêm
policies e scripts. Como os clients Windows 2000 utilizam esta pasta
para baixarem Group Policies, é recomendado discos separados.
Entretanto, esta pasta só pode ser alterada durante o processo de
promoção do Member Server para Domain Controller, obrigando a demoção
do mesmo para somente depois mudar a localização.

Aplicações e Dados.
O diretório de dados e aplicações devem estar localizados em discos
diferentes e em RAID, para aumentar a performance e segurança dos dados.

Um bom procedimento para aumentar a performance, e até mesmo evitar
futuros problemas com dados corrompidos, é realizar a desfragmentação
dos arquivos a cada dois meses, e fazer a compactação e desfragmentação
da base de dados do Active Directory . Tais procedimentos colaboram em
uma melhor realocação de dados no disco físico. Outro procedimento é
desabilitar Screen Savers no servidor, especialmente os que utilizam o
OpenGL, que é uma biblioteca gráfica de modelagem 3D. Como muitas
placas de vídeo dos servidores não utilizam tal recurso, elas acabam
emulando via software, consumindo carga do processador. Outro ponto de
performance é desabilitar serviços desnecessários em um Domain
Controller. Por Default o serviço de IIS é instalado na máquina. Caso
não esteja utilizando o servidor para Web services, remova o mesmo.
Outro exemplo é o DFS. Se o mesmo não estiver sendo utilizado na
máquina, convêm deixar desabilitado o serviço.

Anteriormente, recomendei sempre utilizar servidores de fabricantes conhecidos. Caso
esteja utilizando os mesmos, convêm sempre fazer a instalação da
máquina através dos CDs de instalação que os acompanham. A instalação
feita por eles utiliza drivers apropriados para a estabilidade e
performance dos mesmos. O ganho acaba sendo grande ao utilizar o driver
do fabricante. Deixar aplicado sempre os últimos drivers garante
performance e estabilidade.


Autor original: Fabio Hara
Direitos Autorais: Fabio Hara


Fabio Hara
é MVP de Windows Server, MCSE e MCT e trabalha como consultor de redes
e instrutor na Brás e Figueiredo. Atualmente ministra palestras mensais
na Microsoft sobre os recursos do Windows 2000 e em projetos de
migração de Windows NT 4.0 para Windows 2000.

_________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raygodness
avatar
Veterano
Veterano

Masculino Postagens : 404
Data de inscrição : 04/04/2009
Localização : bragança paulista - SP
Emprego/lazer : computadores
Mensagem Pessoal : O que vem por trás, não é mole.


Ver perfil do usuário
MensagemAssunto: Re: [Windows 2000]Os Segredos do Windows 2000 - Parte VII Sex Abr 17, 2009 2:39 pm

pipokinhaaaaaaaaa... cabo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Douglanilo
avatar
Mestre
Mestre

Masculino Postagens : 959
Data de inscrição : 02/04/2009


Ver perfil do usuário http://www.twevergrand.com
MensagemAssunto: Re: [Windows 2000]Os Segredos do Windows 2000 - Parte VII Sex Abr 17, 2009 7:48 pm

Raygodness escreveu:
pipokinhaaaaaaaaa... cabo!
Para quê comer pipoca? T.T
Isso é quase um flood, lol. (ou totalmente)

Só espero que os segredos não sejam mais e que sejam divulgados para
todos entenderem tudo sobre o Windows que marcou uma parte da história.

_________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raygodness
avatar
Veterano
Veterano

Masculino Postagens : 404
Data de inscrição : 04/04/2009
Localização : bragança paulista - SP
Emprego/lazer : computadores
Mensagem Pessoal : O que vem por trás, não é mole.


Ver perfil do usuário
MensagemAssunto: Re: [Windows 2000]Os Segredos do Windows 2000 - Parte VII Sab Abr 18, 2009 1:32 pm

cabo a pipoka, compra mais pa mim?
@topic
gostei, realmente sao muitos segredos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [Windows 2000]Os Segredos do Windows 2000 - Parte VII

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Windows 2000]Os Segredos do Windows 2000 - Parte VII

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
The World of EverGrand :: Sistemas Operacionais :: Windows :: Tutoriais-